ATENDIMENTO(43) 3371-8900

Atualize seu Navegador Nós detectamos que você esta usando uma versão obsoleta do Internet Explorer como seu navegador web.
Para entrar no site e usufruir de todos os recursos, por favor instale uma versão mais atual do IE.
Só levara alguns minutos para completar.

O site também pode ser visto usando:

Notícias

Publicado em: 25/01/2017

4 anos da conformidade à NBR 15930 pela ABNT

 

Em 2013, o mercado de portas contou com a aprovação da norma para edificações que se tornou muito importante para os processos produtivos atuais.

Com o aumento da produção de portas nas últimas décadas, tornou-se essencial uma regulamentação para entrar em conformidade os parâmetros seguidos pelas indústrias. Para comprovar que os produtos e processos utilizados pelas fábricas de portas estão de acordo com o que propõem, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) certificou em 2013 a conformidade à NBR 15930.

A ABNT é a entidade responsável pelo processo certificatório e infere a acreditação do Inmetro ao produto. Para poder utilizar o selo que comprova a conformidade com os padrões estabelecidos na norma, os produtos nacionais e importados precisam passar por uma avaliação da ABNT para comprovar que a porta atende às exigências específicas e condições de uso para o Brasil.

 

Etapas da certificação

As etapas que as empresas interessadas na certificação deverão seguir, envolvem a avaliação da documentação, o processo produtivo no que se refere aos requisitos de sistema de gestão de qualidade e controle de todas as fases, a coleta de amostras e a realização de ensaios no laboratório do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).

O processo para que a certificação seja concedida, dura em média um período de 3 anos e a empresa precisa atender criteriosamente todos os padrões estabelecidos pela NBR 15930.

A tabela abaixo apresenta os tipos de porta com desempenho adicional de acordo com a certificação ABNT.

 

PE 267 ABNT Certificação de Portas

PIM

Porta Interna

PIM RU

Porta Interna Resistente à Umidade

PEM

Porta de Entrada

PEM RU

Porta de Entrada Resistente à Umidade

PXM

Porta Externa

PIA

Porta Isolante Acústica

PRF

Porta Resistente ao Fogo


Entre os tipos de porta com desempenho adicional, estão as Portas Isolantes Acústicas (PIA), categoria que inclui aquelas que propiciam redução sonora superior a 20 dB. As portas acústicas serão categorizadas em seis classes de desempenho, de acordo com a redução sonora que proporcionam e podem utilizar de equipamentos de proteção acústica (Veda Porta Automático; Veda Frestas, Espumas, Preenchimentos Acústicos, Soleiras de proteção, entre outros) para atingir  os requisitos e obtenção da certificação. Veja a tabela abaixo:

 

Categorias das Portas Acústicas (PIA)

Porta padrão normal

Redução sonora menor do que 20 dB

Porta acústica classe 1

Redução sonora de 20 dB a 24 dB

Porta acústica classe 2

Redução sonora de 25 dB a 28 dB

Porta acústica classe 3

Redução sonora de 29 dB a 32 dB

Porta acústica classe 4

Redução sonora de 33 dB a 36 dB

Porta acústica classe 5

Redução sonora de 37 dB a 40 dB

Porta acústica classe 6

Redução sonora maior do que 40 dB


De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Madeira Processada Mecanicamente (Abimci), as PIAs de classe 1 a 4  são recomendadas para projetos residenciais, enquanto as PIAs acima de 37 dB, as portas são indicadas para ambientes em que é necessário um melhor isolamento, como por exemplo, lugares com máquinas que emitem muito ruído e estúdios de música.

 

Fonte: Revista Portas de Madeira e Site Construção Mercado

 

Compartilhe:

Cadastre-se | Receba nossas notícias